Novas Formas de Consumo

moda-sustentável-consumo-consciente-3

“O consumo sustentável cresce a grande velocidade no mundo inteiro, fazendo com que empresas adotem estratégias inovadoras na gestão de recursos e desenvolvam produtos criativos e ecologicamente conscientes. O grande protagonista dessa mudança é o próprio consumidor…”

Não sei se vocês já perceberam mas está rolando um grande movimento a favor do consumo consciente e moda sustentável. Muitas empresas, estilistas e distribuidoras já perceberam esse novo comportamento de consumo e estão reciclando sua forma de criar e produzir moda. Dentro desta nova missão está inovar com qualidade e diminuir o impacto negativo na sociedade e no meio ambiente.

Pensando nisso hoje eu trouxe algumas alternativas e hábitos adquiridos pelos consumidores de moda que estão em voga! Confira:

Brechó: usar e comprar roupas de brechós é uma forma de aumentar a vida útil da peça. Além disso, muitos brechós oferecem roupas de alta qualidade com um valor muito mais acessível. Ao contrário do que muitos pensam, poder usar a mesma roupa por anos não é sinônimo de um guarda-roupas clichê e old fashion e sim de um estilo clássico e atemporal.

moda-sustentável-consumo-consciente-2

Slow Fashion: é o oposto do Fast Fashion que impõe uma velocidade acelerada de produção, distribuição e descarte. Isso contribui com o consumo desenfreado a larga escala. O slow fashion é o movimento que respeita a velocidade da natureza e a produção têxtil saudável e segura. Neste caso as roupas de maior qualidade, atemporais e básicas são as que mais se adequam nesse sistema.

moda-sustentável-consumo-consciente-5

Feito à Mão: movimento que valoriza os o artesão, a costureira e o alfaiate. Toda peça que recebe atenção na modelagem, corte e costura ganha muito mais valor e qualidade, sem falar que beneficia pequenas e médias cooperativas/empresas e reduz impactos ambientais se comparado com as grandes industrias têxteis.

moda-sustentável-consumo-consciente-8

Materiais Naturais e Orgânicos: a substituição do algodão comum pelo orgânico é uma alternativa que garante a saúde e a segurança do produtor. Embora a prática tenha crescido, o mercado do algodão orgânico no Brasil é ainda muito pequeno, devido a falta de valorização do produto. Além disso, materiais nativos como a palha de milho, bambu, fibra de coco, capim dourado, entre outros, aliados ao design são uma poderosa mistura para promover a identidade nacional tão procurada pelos estilistas.

moda-sustentável-consumo-consciente-1

Os 3Rs: Reuso, Reaproveitamento e Reciclagem: essas diferentes práticas promovem a desaceleração de consumo e o aumento da vida útil do produto.

moda-sustentável-consumo-consciente-9

Fair Trade: Depois dos escândalos envolvendo grandes marcas com trabalho escravo, esse movimento cresceu bastante. Conhecido como Comércio Justo é o selo que garante os direitos dos trabalhadores da indústria da moda como carga horária, salário mínimo, equipamento de segurança e sindicato. Também garante o não uso de trabalho infantil.

moda-sustentável-consumo-consciente-7

Tingimento Natural: substituição dos convencionais produtos químicos altamente poluentes por colorantes naturais extraídos de raízes, sementes, frutos e flores. Esse tipo de tingimento além de ecologicamente correto ainda garante a peça uma tonalidade única e exclusiva.

moda-sustentável-consumo-consciente-11

Guarda-roupa compartilhado: Apesar de ser muito comum fora do Brasil, aqui ainda enfrentamos algumas resistencias derivadas das crenças populares. A ideia é a mesma que deu origem ao nome do blog, trata-se de um troca-troca fashion entre amigos e vizinhos para dar maior uso as peças. Um exemplo disso, seria as lojas de aluguel de roupas, os brechós e feiras de trocas!

moda-sustentável-consumo-consciente-10

Feito no Brasil: produtos feitos no Brasil, além de beneficiar o produtor brasileiro e incentivar a exportação também valoriza a economia local, principalmente se a mão de obra estiver relacionada com comunidades e cooperativas.

feito-no-brasil

Pensem nisso e  Reciclem a mente! Beijos!

Fonte: Revista Zine, 1ª edição, p13, 2014.

Anúncios

8 comentários sobre “Novas Formas de Consumo

  1. Pingback: House of Denim |

  2. Pingback: House of Denim: o Jeans Feito à Mão! | TROCA-TROCA FASHION

  3. Pingback: Moda: Será o Fim? | Troca-Troca fashion

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s